Como fazer uma Redação para o Enem

Desde que foi adotado como forma de ingresso para as Universidades Federais do Brasil, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) chama a atenção pelo peso da redação na nota final.

A redação é uma das cinco competências avaliadas pela prova e uma um sucesso ou fracasso nesse quesito pode ser determinante para a nota final. Ainda assim, não há motivo para apreensão, existem algumas dicas que podem ajudar bastante na hora da escrita!

  • Formato do texto

Cada tipo de texto tem protocolos e padrões diferentes entre si. A forma como se escreve uma carta é diferente da forma como se escreve um conto, que é diferente da forma como se escreve um poema. Portanto, é muito importante dominar os padrões de escrita de cada tipo de texto.

No caso do Enem, o gênero pedido é o dissertativo-argumentativo. O primeiro passo para ir bem na hora de escrever é entender como construir a narrativa de acordo com os moldes pedidos, por isso é importante chegar na hora da prova dominando a forma de produzir um conteúdo no formato dissertativo-argumentativo.

  • Texto dissertativo-argumentativo

Antes de começar a escrever é importante organizar os pensamentos para que, no momento da escrita, eles fiquem dispostos de maneira clara e concisa. Primeiro é necessário buscar um tema central em que o texto irá se basear, uma questão da qual seja possível extrair uma boa discussão.

Escolhido o tema central, é hora de pensar em argumentações que debatam de maneira coerente a ideia proposta. É sempre interessante pensar em argumentações que sejam um pouco dissonantes, com o propósito de criar um diálogo entre pontos diferentes e enriquecer a argumentação.

No fim, é preciso pensar em uma conclusão que reúna de forma coerente e coesa o principal das argumentações desenvolvidas ao longo do texto. A conclusão não pode ser confundida com um resumo do que foi dito, ela precisa ser propositiva. Uma das competências avaliadas na redação do Enem é justamente a elaboração de uma proposta de intervenção, onde se apresenta uma solução para a questão apresentada durante o texto.

Não há uma regra fixa para o número de parágrafos, mas é um consenso que os textos devem ser organizados levando em conta a ordem: Introdução-desenvolvimento-conclusão.

  • Dicas para o momento da redação

Fazer um rascunho é uma das dicas básicas para uma boa redação. O fluxo de ideias não vem à mente de forma organizada, por isso, se optar por escrever sem elaborar antes um esquema para as ideias, é possível que o texto final não fique bem estruturado e as ideias não se apresentem de maneira clara para o leitor, no caso o professor corretor.

Anotar as ideias em um papel e planejar a forma como elas estarão organizadas no papel é sempre uma ideia interessante e, ao contrário do que muita gente imagina, não gasta mais tempo. A tendência é que, depois dessa organização o texto flua de forma mais rápida e natural.

Para além dos aspectos técnicos da escrita, há também o fato de que o Enem é uma prova longa e cansativa. Para quem presta o exame é muito importante ter um autoconhecimento que permita saber as melhores competências. Por exemplo, caso a redação seja um ponto fraco, pode ser interessante fazê-la antes das questões fechadas, evitando assim a realização da redação quando já estiver cansado.