Concurso Polícia Rodoviária Federal (Edital 2018)

Concurso Polícia Rodoviária Federal (Edital 2018)

Com toda a crise que vivemos e a instabilidade do mercado privado, é comum que pessoas busquem constantemente outras opções que a tirarão da crise financeira que grande parte da população brasileira vive nesse momento. Dessa forma, uma das alternativas preferidas da população em geral é a realização de concursos públicos, buscando principalmente salários melhores e uma estabilidade profissional.

Diante disso, os concursos públicos vêm se tornando mais populares a cada ano, fazendo com que muitas pessoas dediquem suas vidas e grande parte do seu tempo em prol dos estudos para passar nesses exames. Um dos concursos mais disputados de todo o país é o da Policia Rodoviária Federal, tendo em vista a sua remuneração e todos os benefícios que um policial federal dispõe. Nesse artigo iremos falar mais desse concurso, todos os requisitos, benefícios e novas notícias acerca do processo.

O que é um concurso público?

Antes de falarmos sobre o concurso público da polícia rodoviária federal, precisamos detalhar um pouco mais sobre o que é um concurso público. É bem provável que a grande maioria dos leitores já saibam do significado desse processo e da maioria dos seus trâmites legais e, se for o caso, tudo que você precisa fazer é pular esse tópico e ir logo para o seguinte.

Para quem ainda tem interesse no que é o concurso público, vamos lá. Em poucas palavras, um concurso público é um processo seletivo que tem como maior objetivo escolher, entre todos os candidatos participantes, os melhores para assumir o cargo oferecido pelo concurso em questão. Como o nome já propõe, esses serviços são oferecidos por um órgão público.

Na grande maioria das vezes, os concursos públicos oferecem salários bem melhores do que o mercado privado como um todo. Além disso, geralmente as condições de trabalho são melhores, a estabilidade profissional é garantida e aposentadoria é integral, ou seja, quando o indivíduo atingir a idade prevista pela lei de previdência social ele irá receber, mensalmente, o valor integral que recebia quando ainda trabalhava, uma realidade bem diferente do mercado privado.

Por esses motivos, além do fato de que o concurso público não exige nenhuma experiência profissional, esses processos são, nos dias de hoje, altamente concorridos. Com a difusão da internet e a maior facilidade no acesso à informação, uma quantidade consideravelmente maior de pessoas ficam sabendo dos concursos públicos. Tudo isso contribui para uma considerável maior dificuldade desses processos, que acabam por se tornar bastante concorridos.

Diante disso, para se ter sucesso em um desses processos seletivos, é necessário bastante empenho e estudo. Geralmente é composto por uma prova onde são cobradas algumas matérias elementares, como conhecimentos em Português e Matemática. Além disso, concursos mais específicos cobram conceitos de outras áreas, como os processos para Agente Penitenciário, que são caracterizados por conter questões de Direito, por exemplo.

O concurso público possui diferentes níveis, sendo eles: Nível fundamental – os candidatos necessitam apenas de ter completado o ensino fundamental para fazer o concurso –, nível médio – o candidato precisa ter o certificado de Ensino Médio – e nível superior – onde são sobrados cursos específicos em instituições de ensino superior.

Leia mais: Concurso Agente Penitenciário

Todas as especificações do concurso público podem ser encontradas em seu Edital, publicado alguns meses antes da data de realização da prova.

O Concurso de Policia Rodoviária Federal 2018

O Concurso de Polícia Rodoviária Federal de 2018 irá sair! De acordo com o diretor-geral da PRF, Renato Borges Dias, a organização está a todo vapor e o Edital sairá ainda nesse segundo semestre. Em seu perfil no Facebook, o agente declarou: “Teremos Edital do Concurso ainda esse ano. Estudem! Edital está perto de ser finalizado”.

Além disso, a assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal declarou que a banca organizadora do processo seletivo já está definida pelo órgão público. Isso acontece, pois, no Brasil, as provas e toda a organização que envolve o procedimento de concursos públicos são realizados por empresas privadas especializadas nesse tipo de processo. A escolha da empresa que irá realizar esse processo se dá por meio de licitação – processo onde várias companhias mandam as suas propostas de formada selada para um órgão e, a partir daí, se escolhe a que tem os melhores preços fornecendo os melhores serviços.

No entanto, a banca organizadora do Concurso Público em questão foi escolhida a partir de dispensa de licitação, com a justificativa de acelerar o processo como um todo. Nesse momento, o que falta para confirmar qual será a empresa privada encarregada de organizar o processo seletivo é aprovação mediante a Advocacia Geral da União (AGU).

Requisitos do concurso de polícia rodoviária federal

Para a realização de qualquer concurso, o indivíduo necessita de atender alguns requisitos obrigatórios e só assim participar do processo seletivo. Na maioria das vezes, os requisitos só serão analisados caso o candidato em questão passe no concurso público e, caso não atenda algum deles, é automaticamente eliminado, abrindo assim mais uma vaga.

Os requisitos para realização do concurso público de polícia rodoviária federal são:

  • Conclusão de curso superior em qualquer área de conhecimento, em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Possuir nacionalidade brasileira ou portuguesa;
  • Possuir a carteira nacional de habilitação de, no mínimo, categoria B;
  • Possuir idade mínima de 18 anos;
  • Possuir aptidão física e mental para as atividades que serão exercidas no cargo;

Quanto recebe um Policial Rodoviário Federal?

A lei nº 13.371/16, que está em vigor desde o início do ano de 2017, prevê um reajusto salarial de 37% com referência ao saldo. Dessa forma, isso significa que, quem for aprovado no próximo concurso de polícia rodoviária federal já entrará recebendo o valor mínimo de R$ 9.899,88.

Ao longo do tempo é possível fazer novos processos letivos e atingir cargos mais altos e, consequentemente, possuir um salário maior. Atualmente, o maior salário para um agente da polícia rodoviária federal é de R$ 16.552,34, destinado aos oficiais da Classe Especial e do Padrão III.

Etapas do Concurso Polícia Rodoviária Federal

Para falar das etapas do concurso público para a polícia rodoviária federal, tendo em vista que o Edital ainda não foi publicado, usaremos como base o último concurso acontecido, mais precisamente no ano de 2013.

  • Prova Objetiva e discursiva: Prova de múltipla escolha contendo 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos + Redação de até 30 linhas no gênero dissertativo-argumentativo e com tema pré definido, mas que o candidato toma conhecimento apenas no momento da prova. Quatro horas e meia para a realização;
  • Exame de Capacidade Física: Flexão em barra fixa – mínimo de 3 repetições para os homens e 10 segundos para as mulheres; Salto Horizontal – mínimo de 2,01 metros para os homens e 1,61 metros para as mulheres; Flexão Abdominal – Mínimo de 31 repetições para os homens e 25 para as mulheres; Corrida – mínimo de 2301 metros em 12 minutos para os homens 2001 metros, no mesmo espaço de tempo, para as mulheres;
  • Avaliação de Saúde: Realização de exames em laboratório, custeados pelo candidato. O resultado será analisado por um médico da PRF, dizendo se está apto ou não para os serviços;
  • Avaliação psicológica: Alguns testes de aptidão psicológica, nos quais se avalia: memória, atenção, personalidade e capacidade intelectual;
  • Investigação Social: Avaliação se o indivíduo não tem problemas com a justiça;
  • Avaliação de títulos: Os candidatos aprovados em todas as etapas anteriores chegam nessa etapa, onde os melhores colocados são os primeiros a assumir o cargo. Os critérios de classificação se referem à formação acadêmica do candidato, onde o Doutorado é o que possui o maior valor;