Curso preparatório para concurso

Curso preparatório para concurso

Com a crise econômica que o nosso país vive atualmente, encontrar um emprego onde temos bons salários e uma estabilidade profissional pode beirar o impossível. Infelizmente, se estivermos procurando no mercado privado, essa busca pode ser realmente inútil, tendo em vista que cada vez mais as empresas contam com equipes reduzidas, por não terem capital suficiente para manter uma quantidade elevada de funcionários.

No entanto, em meio a todo esse caos, ainda há uma esperança para as pessoas que desejam o sucesso financeiro em uma boa vaga de trabalho. Esses são os cargos públicos, onde os funcionários trabalham diretamente para um órgão que está ligado ao Estado. Dessa forma, até aqui tudo parece perfeito, mas as coisas começam a apertar quando falamos da forma de conseguir esses cargos: os concursos públicos. Por esse motivo, nesse artigo iremos falar mais sobre como passar em um concurso público a partir dos cursinhos.

O que são os concursos públicos?

Concursos públicos são os processos seletivos existentes para ocupar um cargo público. Todos os órgãos que são ligados ao Estado devem, obrigatoriamente, preencher as suas vagas disponíveis a partir desse tipo de processo. Desse modo, existem concursos públicos para as mais variadas carreiras, no mais variados tipos de processos e para os mais distintos níveis acadêmicos.

É possível encontrar concursos públicos para as Polícias – Militar, Civil e Federal –, para a Receita Federal, para bombeiros, para o Tribunal de Contas, para o Tribunal de Justiça, dentre várias outras instituições. E é por esse motivo que os concursos públicos são tão importantes.

Existem dois princípios naturais para a existência desse tipo de procedimento no preenchimento de cargos públicos. Primeiramente, eles visam selecionar os melhores candidatos para aqueles funcionários que deverão servir à sociedade com o seu serviço.

Em segundo lugar, como esses tipos de empregos fornecem uma importante estabilidade profissional, bons salários e diversos benefícios – como o recebimento total de seu salário na aposentadoria, e não só uma parte dele –, ele pode ser do interesse de muitas pessoas. Por esse motivo, seria comum encontrar cargos públicos ocupados por parentes e conhecidos dos políticos, já que a outra maneira seria por nomeação, o que iria violar o princípio da impessoalidade, onde o político não deve envolver a sua vida pessoal com a sua vida profissional.

No Brasil, os concursos públicos são formulados e organizados por empresas privadas, as quais são chamadas de bancas organizadoras. A escolha da empresa, por lei, deve ser feita a partir de licitação, onde todas as companhias interessadas mandam os seus orçamento e aquela que tiver as melhores condições será escolhida.

Como passar em um concurso público?

Bom, como já falado anteriormente, ocupar um cargo público é um dos sonhos de muitas pessoas em todo o Brasil. Isso se dá principalmente pelos salários e benefícios oferecidos, os quais muitas vezes superam – e muito – o que seria atingido em no mercado de trabalho privado.

Por esse motivo, é comum encontrarmos pessoas que dedicam, por anos, várias horas do seu dia a fim de passar em um único concurso. Aquela pessoa dedica toda boa parte de sua vida tentando aprender todos os conceitos que serão cobrados na prova. Apesar disso, infelizmente vemos muitas pessoas que fracassam. Mas, por quê?

Bom, o primeiro motivo de vermos tantos fracassos em concursos públicos é a popularidade desses processos. É comum vermos concursos que oferecem 500 vagas e possuem mais de 20 mil candidatos. Desse modo, é óbvio que o número de fracassos será muitas vezes maior do que o número de pessoas aprovadas.

E esse primeiro motivo leva a outro: muitas pessoas estão estudando de maneira errada, e por isso estão entre aqueles que não conseguiram passar nos concursos. Pense bem, em um concurso onde a proporção de candidatos por vaga é de 40, você precisará estar mais bem preparado do que um número muito elevado de pessoas. E, para isso, o que você precisará fazer é entrar um cursinho preparatório para concurso.

Curso preparatório para concurso: por que fazer?

Como já falamos anteriormente, os concursos são processos seletivos extremamente concorridos. Por esse motivo, para conseguir alcançar o sucesso nesses procedimentos o candidato terá de estar mais bem preparado do que um número bastante elevado de outros candidatos. E isso você só conseguirá se entrar em um curso preparatório.

Isso se dá pela forma com que os cursos preparatórios trabalham:

  1. Professores capacitados:

Todo curso preparatório bem avaliado terá professores bem capacitados. Isso fará com que você entenda, de maneira bem mais fácil, todos os conteúdos que serão ensinados dentro da sala de aula – ou pela internet, se for um curso online. Além disso, o contato com um professor fará com que todas as suas dúvidas sejam sanadas ali mesmo, no momento, o que poderá fazer a diferença no momento da prova.

  1. Ensino direcionado:

A grande maioria dos cursos preparatórios para concursos terão professores já experientes nesse ramo de atuação. Isso, além de fazer com que o candidato entenda de maneira mais fácil os conteúdos que lhe serão passados, fará com que o ensino feito dentro daquele processo seja um tipo de ensino direcionado. Mas o que significa isto?

Um ensino direcionado é aquele que dará mais importância aos termos que serão cobrados no concurso público. O maior problema de estudar sozinho é que, muitas das vezes, temos apenas uma noção do que irá cair na prova e acabamos ficando com mais carga do que deveria, o que resulta em uma preparação consideravelmente pior.

Já no concurso público, os professores irão ensinar apenas aquilo que será necessário para você fazer a prova. Dessa forma, o candidato que tiver passado por um curso preparatório está consideravelmente mais bem preparado do que outros que estudaram sozinhos.

  1. Poupará o seu tempo:

Caso você já seja um concurseiro experiente, saberá que estudar sozinho pode ser uma perda de tempo e tanto. E não estamos falando isso pelo fato de que sozinho você não pode aprender, pois isso vai de cada um. Contudo, o que não pode ser deixado de lado é que, quando estamos estudando sozinhos, a todo o momento precisamos procurar materiais para aprendizado, além da verificação contínua se aquele é um conteúdo confiável.

Dessa forma, essa constante busca nos faz perder um tempo e tanto. Nos cursos preparatórios, os professores que irão fazer esse trabalho por você, além de entrega-lo de uma forma bem mais didática, isto é, mais fácil de entender.

  1. Te dará mais foco:

Pense em dois cenários: No cenário 1 você está em uma sala de aula, onde todos os seus colegas estão prestando atenção e um professor, que possui uma didática interessante, está lhe ensinando e, ao mesmo tempo, prendendo a sua atenção. Já no cenário 2, você está em casa e todas as distrações estão ao seu alcance: você pode mexer no celular, navegar pelas redes sociais, deitar na sua cama, tomar um banho, comer alguma coisa, dentre vários outros fatores.

Agora responda: qual desses dois cenários descritos no parágrafo acima te parece mais propício para o estudo, onde você irá ter mais foco e, consequentemente, irá aprender mais? Provavelmente você respondeu o primeiro, e ele exemplifica como funciona um curso preparatório. É claro que há casos e casos, pois algumas pessoas conseguem estudar em casa e, mesmo assim, não perder o foco e aprender de maneira eficiente. Porém, na grande maioria das vezes, o ambiente de um curso preparatório será bem mais benéfico para os seus estudos.

Considerações finais

Escolher ou não um curso preparatório para concurso público irá de sua condição de investimento, além da personalidade de cada um. No entanto, o que pode ser dito é que esse tipo de preparo pode te deixar bem mais a frente dos outros candidatos e que, caso você consiga ter sucesso no processo seletivo, o investimento do cursinho irá ter recompensado – e muito.