Figuras de linguagem – O que são? Quais as principais?

Figuras de linguagem são expressões da língua portuguesa, conhecidas como recursos de expressão. Muitas vezes encontrados em textos literários. Utilizadas para enriquecer um texto ou muitas vezes para auxiliar o escritor perante a falta de termos adequados para sua obra.

As figuras de linguagem são diversas é frequentemente cobradas em provas de vestibular e concursos públicos. Então, para facilitar a vida dos estudantes nossa equipe separou as principais figuras de linguagem e que provavelmente vai estar presente no dia da sua prova.

Vamos estudar a seguir 20 das principias figuras de linguagem e se você compreender cada uma delas pode passar para um próximo conteúdo, pois nos detalhamos tudo sobre essa parte da matéria:

Figuras de Linguagem – Metáfora

A metáfora provavelmente é a figura de linguagem mais conhecida entre os estudantes e com uma frequência muito grande nas provas.  Essa figura de linguagem ocorre quando atribui-se termos com significados e sentidos diferentes, sentidos semelhantes. O famoso sentido figurado, quando uma coisa não tem características que lembram o termo denominado.

Exemplo de Metáfora:

“Meu pensamento é um rio subterrâneo.”

“Essa criança é um touro!”

No exemplo dois acima com a “criança”. Percebe-se que os termos “criança” e “touro” não tem sentidos semelhantes, mas no contexto da frase a criança deveria ser forte, grande, alta para sua idade ou alguma coisa do tipo que lembrasse alguma característica do touro.

Figuras de Linguagem – Hipérbole

Agora vamos falar de uma figura de linguagem não tão conhecida, mas de fácil aprendizado. A hipérbole ocorre quando existe um exagero de forma intencional, para dar um ênfase no acontecido ou na situação a ser analisada.

Exemplo de Hipérbole

 

“Você quase me matou de susto”

“Estou morrendo de sono”.

Você está careca de saber que não gosto disto.

Provavelmente você usa essas expressões no seu dia a dia ou conhece alguém que utiliza com muita frequência. As mães são mestres em usar essa expressão de exagero para intensificar suas falas como: “Já te falei um milhão de vezes para desligar esse celular!”. Então, agora quando sua mãe usar uma expressão de forma exagera faça questão de analisar a frase e nunca mais esquecer essa figura de linguagem.

Figuras de Linguagem – Eufemismo

Se de um lado a hipérbole vem para intensificar as coisas o eufemismo vem para amenizar o sentido de um termo. Transparecendo algo mais agradável.

Exemplos de Eufemismo

“Minha avô foi para o céu!”

“Aquela menina é desprovida de beleza.”

Nas frases acima os termos colocam um sentido mais “leve”. No primeiro exemplo houve a substituição por “Morreu”. Já na segunda frase o eufemismo foi utilizado para não chamar a menina de “feia”.  Então, a partir de agora quando você quiser usar termos mais agradáveis para quem houve tente usar o eufemismo.

Figuras de linguagem – Metonímia

Essa figura de linguagem é muito simples. A metonímia acontece quando se troca um termo por outro, porém eles possuem o mesmo campo semântico.

Exemplos de Metoníma

“Comprei uma BMW!”

“Tomei uma Coca-cola”

Nas frases acima ocorre a troca da marca pela palavra carro e no segundo exemplo a bebida no caso o refrigerante pela marca.

 

Considerações finas sobre as figuras de linguagem

Provavelmente se você chegou até aqui e porque você tem grande interesse em aprender a fundo sobre as figuras de linguagem. Mas estudar e aprender tem uma grande diferença. Agora você estudou os conceitos. Para aprender a fundo de forma efetiva você precisa praticar com muita atenção diversos exercícios. Mas não precisa sair do site para encontrar essas atividades. Basta clicar no link a seguir e resolver diversas questões de figuras de linguagem ou outros conteúdos. Se você não sabe como filtrar as questões em nossa plataforma separamos um artigo para você. Clique aqui. Mas se você já sabe como usar nossa plataforma. Clique aqui.