Gêneros textuais

Para que as coisas fiquem bem definidas, é importante uma correta segmentação e agrupação daquilo que está inserido em contextos semelhantes, buscando facilitar o processo de entendimento das pessoas. Quando falamos em estudos, isso é ainda mais importante, para que fique mais claro e de fácil compreensão os inúmeros assuntos que podem ser abordados nas mais diferentes disciplinas.

Essa segmentação e agrupamento não é importante apenas a área de exatas e biológicas, mas também para a língua portuguesa. Existe uma diversidade grande de tipos textuais e seus respectivos gêneros, fazendo ser extremamente necessário uma diferenciação correta entre eles. Uma classificação correta vai inclusive facilitar os seus estudos e a associação de ideias sobre temas parecidos. Um dos segmentos da língua portuguesa que essa abordagem é utilizada é quando falamos sobre gêneros textuais, o que vamos discutir mais profundamente a partir de agora.

Gêneros textuais

O primeiro passo para entender os gêneros textuais é saber diferenciar sua definição da definição de tipos textuais, apesar que, no fim das contas, essas duas coisas estão totalmente interligadas. Basicamente, os tipos textuais são modelos que tem uma definição com a finalidade de distinguir a estrutura e outros aspectos linguísticos de determinados tipos de texto, sempre de um modo mais abrangente e determinado. Já os gêneros textuais são textos mais específicos que estão inseridos cada um dentro de um tipo de tipo textual.

Ou seja: os gêneros textuais são vários, enquanto os tipos textuais têm características mais abrangentes, porém mais fáceis de serem definidas, que vão englobar dentro de cada categoria, posteriormente, os gêneros textuais. Os gêneros textuais estão possuem sua estrutura particular de serem escritos, provenientes dos tipos de textos existentes.

Dessa forma, vamos conhecer um pouco mais sobre os tipos de texto, suas definições e quais gêneros textuais estão inseridos nele, para que o esclarecimento seja feito devidamente e melhores exemplos possam ser dados.

Texto narrativo

Os textos narrativos são aqueles mais tradicionais que lemos durante toda a nossa infância (e também na vida adulta, por que não?) que por muitas vezes apresentam, basicamente, uma história, onde existem interações e ações no tempo e no espaço pelos personagens dessa trama. Sua estruturação também é bastante conhecida e costuma seguir esse padrão fielmente, começando pela apresentação, passando pelo desenvolvimento, enfrentando um clímax e, por fim, chegando ao desfecho ou conclusão.

Romance, novelas, fábulas, crônicas e até contos de fada são alguns dos gêneros textuais que estão inclusos nesse tipo de texto.

Texto descritivo

O grande ponto dos gêneros e tipos textuais é que eles incluem os mais diferentes modos de se comunicar, desde que exista essa comunicação. Os textos descritivos apresentam uma grande variedade de gêneros que pode até te impressionar em saber que determinados textos se encaixam nesse quesito. Os textos descritivos são aqueles que estão recheados de adjetivos, buscando a exposição de pessoas, lugares, objetos ou até acontecimentos. Mas, além desse teor mais sensorial, também é utilizado para descrições – como o próprio nome diz – e listagens, por exemplo.

Diário, relatos, notícias, listas de compras, cardápio… cinco gêneros textuais que tem poucas ligações entre si, mas que todos se encaixam como um texto descritivo.

Texto dissertativo-argumentativo

Lembrou do ENEM? Pois é, a temida redação do Exame Nacional do Ensino Médio apresenta uma estrutura peculiar, que é o texto dissertativo-argumentativo. São textos onde um tema é abordado por meio de argumentos, com uma defesa de ponto de vista na tentativa de persuasão.

Editoriais jornalísticos, resenhas, artigos e monografias são exemplos de gêneros textuais desse tipo de texto.

Texto expositivo

Menos populares que os já citados acima, os textos expositivos já englobam algumas coisas que fogem do papel e caneta. Buscando a exposição de uma ideia, os textos expositivos utilizam de recursos como definição, informação, descrição e até conceituação. Podemos dizer que é algo como um planejamento para coisas que poderão ser repassadas oralmente depois.

Seminários, palestras, conferências e entrevistas são exemplos de gêneros textuais que se encaixam nessa definição.

Texto injuntivo

Sua outra denominação ajuda mais a entender os princípios de um texto injuntivo: texto instrucional. Buscam indicar ordem, persuadir ou orientar alguém, apresentando muitos verbos no imperativo.

Manual de instruções e regulamento são gêneros textuais que servem de exemplo para esse tipo de texto, além de receitas culinárias.

Veja bem: os tópicos destacados nesse texto são os tipos textuais, onde os gêneros textuais estão englobados nessas definições. Eles são vários e muitos mais exemplos poderiam ser dados para cada tipo mencionado.