O Tratado de Versalhes

O Tratado de Versalhes – Ao longo da história da humanidade, várias guerras e conflitos foram travados por diversos motivos, onde se destaca a briga por domínio daquele território em específico. No entanto, até o início do século XX, nenhum conflito ou mesmo guerra havia envolvido tantos países como a Grande Guerra, que mais tarde ficou conhecida como Primeira Guerra Mundial.

Desse modo, é comum que muitas pessoas saibam como se deu a Primeira Guerra Mundial, além do fato de que ela começou em 1914 e acabou em 1918. Mas você sabe qual acontecimento marcou o término oficial da Primeira Grande Guerra? Nesse artigo iremos falar mais sobre o Tratado de Versalhes, explicitando as suas características e as exigências que foram feitas aos países que saíram derrotados no conflito.

Contexto do Tratado de Versalhes – Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito que ocorreu na Europa no início do século XX, mais precisamente entre o dia 28 de julho de 1914 até o dia 11 de novembro de 1918. Foi o primeiro conflito conhecido na história da humanidade capaz de envolver países de todos os continentes do globo.

Entre vários outros fatores que influenciaram o início desse conflito na Europa, é possível destacar as políticas imperialistas que viam ganhando cada vez mais força no velho continente. Além disso, o episódio conhecido como partilha da África ainda mexia bastante com os governos dos dois lados. Tudo isso influenciava um crescimento exponencial de um sentimento nacionalista pelos dois lados da moeda, o que deixava um clima de tensão que se tornou insustentável na Europa.

Por esses motivos, tudo que era preciso para o início de uma guerra que envolveria vários países da Europa e todas as suas alianças com nações de todo o mundo era de um estopim. E esse episódio aconteceu no dia 28 de julho de 2014, quando o  iugoslavo Gavrilo Princip, em uma disputa para o trono da Áustria assassina o herdeiro oficial, o arquiduque Francisco Fernando da Áustria. Logo após esse acontecimento, o império autro-húngaro declara guerra contra o reino da Sérvia.

Essa declaração, por sua vez, desencadeia uma série de chamado de aliados, onde cada lado angariava mais países para lutar consigo. As primeiras alianças oficiais que foram formadas: tríplice entente – que tinha como protagonistas o Reino Unido, a França e o Imperio Russo; e a tríplice aliança, que era formada pelo Império Alemão, pela Áustria – Hungria e pelo Reino da Itália. No entanto, devido a uma violação de acordo feito pelo império da Áutria – Hungria, a Itália deixou a Tríplice Aliança e acabou lutando no outro lado do conflito.

Entre vários acontecimentos marcantes que ocorreram na Primeira Guerra Mundial, um conflito que ainda era marcado pelo modo antigo de embate – conhecido como gerra de trincheiras –, a Tríplice Aliança saiu derrotada e, com isso, foi sucumbida às consequências relacionadas ao Tratado de Versalhes.

O que estabeleceu o Tratado de Versalhes?

O Tratado de Versalhes
O Tratado de Versalhes

Como já dito no último parágrafo do tópico anterior, o lado que saiu derrotado da Primeira Guerra Mundial foi o lado da Tríplice Aliança. Desse modo, todas as consequências ruins relacionadas ao conflito foram colocadas na Alemanha, protagonista do lado derrotado.

Dessa forma, para que se selasse um fim oficial para a guerra, que fosse reconhecido pela Liga das Nações, era necessário um tratado de paz entre os países, onde várias imposições foram feitos à nação alemã. O tratado de Versalhes necessitou de 6 meses de negociações até ser oficialmente assinado, no dia 28 de junho de 1919, na cidade de Paris, na França.

Entre várias imposições feitas à Alemanha estavam:

  • Reparações de estragos causados pela guerra em vários países que compunham a Tríplice Entente;
  • Reconhecimento de independência para a Áustria;
  • Perda de parte de seu território – cidades que eram muito disputadas – para países que faziam fronteira com a Alemanha;
  • Perda de todas as colônias sobre o Oceano;
  • Perda de todas as colônias no continente africano;
  • Restrição às atividades do exército, principalmente relacionada com a produção de armamento bélico;
  • Indenização em dinheiro por vários estragos causados pelos embates da Grande Guerra;

Além desses, foram impostos vários outros pontos que deveriam, obrigatoriamente, serem cumpridos pela Alemanha. No dia 10 de Janeiro de 1920 o Tratado de Versalhes foi oficializado pela Liga das Nações e todos os artigos presentes ali deveriam ser cumpridos.

O alemão responsável por assinar o acordo foi o então ministro das relações internacionais da Alemanha, Hermann Müller. Depois do fim da Guerra, o tipo de governo que era observado no país era a República de Weimar, uma democracia representativa de sistema semi presidencialista.

Alguns dos artigos que estavam presentes no Tratado de Versalhes podem ser citados, como:

  • Artigo 45: A Alemanha teria de ceder o território de Sarre para a França por um período pré estipulado de 15 anos. Esse território era rico em carvão mineral, que era uma preciosidade para a época;
  • Art. 51 – os territórios de Alsácia e Lorena deveriam ser devolvidos para a França;
  • Art.119  – Todas as colônias da Alemanha deveriam ser passadas para domínio de países que compunham os Aliados;
  • Art. 160 – Estabelecia um número máximo de voluntários que poderiam compor o exército da Alemanha, que ficou estabelecido em 100 mil;
  • Art. 168 – Para fabricar qualquer tipo de armamento bélico, a Alemanha deveria pedir permissão para os Aliados;
  • Art. 198 – Esse artigo dizia que a Alemanha não poderia ter corporações de aeronáutica nem de marinha;
  • Art. 231 – Estabelecia que toda a culpa dos embates e dos gastos com a guerra era da Alemanha;

Consequências do Tratado de Versalhes

Naquele momento, o lado vitorioso pensou que estava saindo por cima, uma vez que impedia a Alemanha de gerar novos conflitos. No entanto, todas aquelas imposições geraram um sentimento de humilhação em grande parte da população alemã. Além disso, todos os gastos que envolveu o financiamento de reparos em outros países fez com que a nação se envolvesse em dívidas.

Esses motivos, no ano de 1933, fizeram com que o tipo de governo vigente, conhecido como República de Weimar, por pressão popular, caísse. No poder, entrava um dos líderes mais temidos que o mundo já teve de enfrentar: Adolf Hitler e o nazismo foram consequências diretas do Tratado de Versalhes, uma vez que o sentimento de humilhação da população incentivava um movimento ultranacionalista e segregador como o nazismo.