Revolução Verde – quais os impactos para o Brasil?

A Revolução Verde ocorreu no final de 1940, e refere-se ao processo de modernização agrícola e se iniciou no México. A Revolução teve como propósito o aumento da produção agrícola, por meio da modernização tecnológica no campo de produção.

O processo se intensificou nas décadas de 60 e 70 – e introduziu as máquinas, desenvolvimento de sementes, o uso de agrotóxicos, e da fertilização no campo.

O que foi a Revolução Verde?

A Revolução Verde ocorreu de forma intensificada nos Estados Unidos e, posteriormente, espalhou-se para os países semiperiféricos, como o Brasil. A Revolução foi o inicio da introdução de um novo modelo de administração relacionado ao campo com a indústria.

O processo possuiu o papel fundamental na conexão do campo com os processos de modernização, como a introdução das máquinas, fomentando o aumento da produtividade – introduzindo o conceito da agricultura moderna.

A Revolução adentrou no processo agrícola o crescimento exponencial da produção, e também das propriedades. Com sementes produzidas em laboratório, a produção se tornou mais resistente às pragas e doenças encontradas nas plantações. E com a soma de agrotóxicos, a produção aumentou exponencialmente.

Com a Revolução Verde a exportação se tornou viável, e a profissionalização de mão de obra passou a ser incentivada pelo Governo. A Revolução Verde foi um processo fundamental para o desenvolvimento da economia agrícola, em escala mundial – além de proporcionar pesquisas voltadas para a agricultura.

Revolução verde no Brasil:

O perfil da agricultura brasileira modificou-se após a adoção das práticas proporcionadas pela Revolução Verde. Essa chegou ao Brasil no Regime Militar, em 1964, e se tornou um dos pilares do “milagre econômico”. O desenvolvimento proporcionou a abertura de agências voltadas para o trabalho agrícola, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), fundada em 1973.

A partir da introdução dos mecanismos tecnológicos e da mecanização da agricultura, o Brasil começou a exportar, em larga escala, a soja e o milho. O Brasil possuía um modelo agrícola voltado para a exportação e, devido a isso, as pesquisas foram fomentadas nas áreas acadêmicas, proporcionando a promoção agrícola interna do país.

Como usar a revolução verde em uma redação?

Em um possível tema voltado para a Agricultura, a Revolução Verde pode ser usada como um exemplo no desenvolvimento agropecuário do país. E também em temas relacionados ao desenvolvimento de transgênicos ou em temas relacionados ao impacto agrícola nos índices de fome em países subdesenvolvidos.

Saiba mais informações em nosso blog e em nossas redes sociais!