Como estudar para concurso público

Como estudar para concurso público

Atualmente, passamos por uma das piores crises que o nosso país já viveu em toda a sua história. Dessa forma, o mercado de trabalho fica bastante restrito e a instabilidade se torna um dos problemas mais importantes da grande maioria da população. Uma das conseqüências diretas dessa situação é o aumento da procura por concursos públicos, uma vez que estes cargos, na maioria das vezes, oferecem salários consideravelmente bons e uma estabilidade que o mercado privado não pode proporcionar.

As provas para concursos públicos acontecem todos os anos, onde cada área busca suas especificidades. Muitas das vezes, esses exames são extensos e podem ser cansativos, o que leva muitos candidatos a não conseguirem atingir os seus objetivos. Por isso, nesse artigo iremos falar algumas dicas de como estudar para concursos públicos.

O que devo ter para me inscrever em um concurso público?

Uma das dúvidas mais constantes em pessoas que desejam tentar esse tipo de processo é se elas, com o currículo acadêmico que possuem, podem se inscrever para o concurso em questão. A verdade é que não existe uma resposta geral para essa pergunta, pois cada processo demanda um tipo de nível escolar diferente, desde os mais elementares até os que demandam mais tempo de estudo.

Desse modo, de modo geral todas as pessoas, desde que tenham um ensino fundamental completo, podem participar de concursos público, pois existem aqueles de nível fundamental, nível médio – ensino médio completo – e nível superior – algum curso superior em curso ou completo. Além disso, alguns concursos pedem graduações específicas. Por exemplo, podemos citar os concursos para delegado, os quais, na maioria das vezes, exigem que o candidato seja formado em Direito.

Dicas de como estudar para concurso público

Agora que você já sabe que pode se inscrever para um concurso público, tudo que você precisa fazer é pesquisar e encontrar qual o perfeito para você. Depois de feito, é recomendado que se estude muito, pois, como foi falado anteriormente, em épocas de crise muitas pessoas vêem nesse tipo de processo uma grande oportunidade, o que pode torna-los ainda mais disputado.

Prepare um plano de estudo:

Nada mais confortável e mais ideal para a nossa mente do que possuir um plano de estudos bem formulado, onde todos os conteúdos e matérias que serão estudadas são previamente definidos. Muitas das vezes, um dos maiores fatores para o fracasso de candidatos em concursos públicos não é a falta de estudo, mas sim a falta de organização.

Isso ocorre pelo fato de que nosso cérebro se sente mais confortável com uma boa organização, o que faz com que possamos aprender de forma mais rápida e eficiente. Diante disso, a primeira dica para estudar para um concurso público é o preparo de um plano de estudos. Todos esses concursos disponibilizam os conteúdos que irão cair, e são comercializadas apostilas com essas matérias.

Dessa maneira, é proveitoso que, ao se inscrever para o concurso, você compre uma apostila e calcule de quantos dias você dispõe até o dia da prova. A partir disso, divida os conceitos e as matérias de forma que estude tudo, e acabe 2 semanas antes da data prevista.

Esteja preparado para mudar o seu plano de estudos:

Como vimos no tópico anterior, fazer um plano de estudos pode ser um fator importante para o sucesso nesse tipo de prova. No entanto, é impossível prever tudo que vai acontecer no decorrer das semanas de estudos, uma vez que imprevisto podem ocorrer constantemente. Dessa forma, é importante que você esteja preparado para mudar esse plano de estudos, e, até por isso, quando for idealizar seu plano, deixe 2 semanas livre, e use uma destas para os eventos imprevistos.

Além disso, se adaptar ao que acontece ao longo do tempo, e às suas convicções também pode ser importante para o sucesso nessa área. Por exemplo, se estiver se sentindo sobrecarregado com a carga diária de estudos, pense em reduzir esse tempo. Por outro lado, se sempre quando acabar os estudos daquele dia você sentir que dá para fazer mais, pode ser o momento de aumentar a carga diária.

Cursinhos para concursos:

Que os concursos são provas bastante concorridas nos já sabemos. O que muitos não sabem é que existem cursos preparatórios especializados para esse tipo de prova. A partir do momento que um concurso público é anunciado, mesmo que o edital ainda não tenha saído, já é possível encontrar muitos cursinhos preparatórios especializados para aquele exame.

Para quem dispõe do orçamento financeiro que o cursinho irá exigir e também do tempo, esse será um método perfeito, principalmente para aqueles que possuem dificuldade para estudar sozinho. Além disso, com professores que são especializados naquele assunto, é bem mais simples sanar qualquer espécie de dúvida que possa surgir. Nossa mente pode se sentir bem mais confortável quando alguém nos explica algo, além do fato de que nossa memória de imagens e do que ouvimos pode ser bem mais forte do que nossa memória de leitura.

Os cursinhos também são ideais para aquelas pessoas que já acabaram os estudos faz tempo, e participar de uma sala de aula com professores qualificados pode fazer a diferença, aumentando consideravelmente as chances de aquele indivíduo passar naquela prova.

Não deixar conteúdos para trás:

Uma única questão pode ser o fator definitivo para você conseguir sucesso naquele exame ou não. Dessa forma, é importante que você estude todas as matérias e não deixe nenhum conteúdo para trás. É normal gostarmos mais de algumas coisas do que de outras, e isso acaba fazendo com que nos concentremos mais em alguns objetos de estudo do que outros. Contudo, fazer um esforço para aprender até aquelas matérias que você julga serem difíceis é importante para atingir os objetivos.

É claro que, para essas matérias mais odiadas, as dúvidas serão mais constantes, uma vez que provavelmente você não terá intimidade com aquele assunto. Por isso, nunca deixe uma dúvida para trás: se participar de um cursinho, pergunte para o seu professor! Se for estudar por conta própria, pesquise na internet, priorizando os materiais em vídeo, que podem ser mais facilmente fixados.

Tempo de revisão:

No primeiro tópico, falamos sobre deixar duas semanas livres antes da data prevista para a realização da prova. Uma dessas semanas já foi usada logo depois, quando falamos de mudanças que poderão ser forçadas no plano de estudos feito por você. A semana que ficou sobrando é para a revisão.

É comum que, com todo o tempo que ficamos estudando, e entre tantos conteúdos, esqueçamos vários conceitos e vários conteúdos, o que pode prejudicar o nosso rendimento ao longo da prova. A semana que antecede o acontecimento da prova deve ser destinada à revisão. O candidato deve separar aqueles conteúdos que não consegue se lembrar direito e estuda-los novamente.

Leia mais: Concurso público dos Bombeiros 

Considerações finais

Passar em um concurso público pode ser um dos sonhos de milhares de pessoas em todo o território nacional. Portanto, se você se enquadra nos requisitos e vê nesse processo a chance de conseguir uma estabilidade financeira e profissional, não poupe esforços. É claro que, muitas das vezes, temos que trabalhar o dia todo e só queremos chegar em casa e descansar. Contudo, se esforçar um pouco mais para atingirmos nossos objetivos é ideal para a felicidade.