Hipérbole – Figuras de Linguagem

Hipérbole | O ser humano, ao longo de sua evolução, criou várias formas de comunicação, dentre elas a forma oral. Nesse sentido, existem diversas de línguas ao redor de todo o mundo, que auxiliam e melhoram a comunicação entre os indivíduos.

O português é a língua oficial no Brasil, fato derivado da colonização de Portugal ao país tupiniquim. Dentro do português-brasileiro, existem diversos recursos de expressão que melhoram a comunicação. As figuras de linguagem são grandes exemplos desses recursos. 

Existem diversas figuras de linguagem, mas neste artigo falaremos especificamente sobre a hipérbole. Se quiser ter uma visão mais geral sobre o assunto e saber quais são as principais figuras de linguagem, clique no artigo: Figuras de linguagem – O que são? Quais as principais?

O que é a hipérbole?

A hipérbole é uma das principais figuras de linguagem da língua portuguesa. É amplamente utilizada em nosso dia a dia, tendo como principal função dar intensidade ao que se fala, mesmo que, de forma literal, possa não fazer sentido. 

Para entender a hipérbole, é importante saber qual a morfologia da palavra. É proveniente do grego (hyperbolé). A primeira parte da palavra (hyper), tem tradução literal de “além”, “por cima”. O sufixo “bole” significa “lançar”. Juntando os dois termos, a palavra hipérbole significa lançar além, lançar por cima. 

A hipérbole é conhecida como o exagero da língua portuguesa. Sendo assim, o emissor usa termos amplamente exagerados, com a finalidade de dar intensidade ao que se fala. 

Exemplos de hipérbole 

O exemplo é uma das melhores ferramentas que podem ser utilizadas para o aprendizado. Por esse motivo, neste tópico daremos alguns exemplos de hipérbole, para que o leitor identifique exatamente essa figura de linguagem. 

  • “Já pedi a minha comida há 4 dias e ainda não chegou”;

A frase acima contém um claro exemplo de hipérbole. O emissor da mensagem está falando sobre a demora para a entrega de sua comida. Para dar intensidade ao que está sendo falado, utiliza-se de um exagero além da realidade, dizendo que pediu a comida há 4 dias atrás e ela ainda não chegou, quando, provavelmente, o pedido foi feito apenas há algumas horas. 

  • “Eu morro de rir com as piadas da série Friends”; 

Outro caso clássico de hipérbole acima: o emissor da mensagem utiliza de um termo radical para exemplificar a intensidade da sua ação. Querendo dizer que dá muitas risadas com as piadas de uma série em específico, diz que morre de rir ao assistir o show; 

  • “O carro passou a 800 km/h”;  

Os carros mais potentes do mercado, até mesmo os esportivos, chegam em uma velocidade máxima de 200 a 250 km/h. Sendo assim, torna-se impossível que um carro, nos dias de hoje, chegue à velocidade dita na frase acima. Diante disso, é possível identificar que foi usada uma hipérbole para dar intensidade ao fato de que o veículo estava em alta velocidade. 

A hipérbole é uma das figuras de linguagem mais utilizadas em nosso dia a dia. Além disso, é sempre cobrada em provas de vestibulares e também para concursos. Deixe nos comentários abaixo suas dúvidas sobre o assunto!