Salinha de Física em BH – 10 razões para se fazer uma salinha de Física

Salinha de Física – A física é uma das mais importantes disciplinas que integram a grade curricular básica do ensino médio no Brasil. Sua importância vai muito além das provas de vestibular, sendo essencial para conhecer vários fenômenos a nossa volta e base importante para uma série de cursos superiores.

Mesmo ressaltando a importância de se conhecer os conceitos de física para uma melhor compreensão e aprendizado, é difícil fugir da urgência que muitos tem em aprender as matérias em tempo de provas importantes, como o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

De uma forma geral as provas de ingresso no curso superior apresentam questões específicas de física. O Enem as apresenta incluídas na prova de ciências da natureza, juntas com perguntas que abordam temas de biologia e química, mas ainda assim não deixam de abordar os conceitos básicos aprendidos nas aulas e livros de física.

No cenário contemporâneo dos vestibulares, o Enem é a prova mais realizada, já que serve como forma única de ingresso para universidades federais e já é utilizado como uma das formas de acesso a boa parte das faculdades pelo Brasil.

O Enem é uma prova que usa os conceitos aplicados a prática, não sendo diferente quando o tema das questões é a física. Por isso é muito importante estar com a teoria bem compreendida para que não exista problema em aplicar essas noções às situações apresentadas pelas questões.

Pensando nisso e, para facilitar o direcionamento dos estudos, separamos uma lista com as matérias de física mais recorrentes no Exame Nacional do Ensino Médio.

Matérias de física que mais caem no Enem

– Mecânica

Mecânica , ciência relacionada com o movimento de corpos sob a ação de forças, incluindo o caso especial em que um corpo permanece em repouso. De primeira preocupação no problema do movimento são as forças que os corpos exercem um sobre o outro. Isso leva ao estudo de tópicos como gravitação, eletricidade e magnetismo, de acordo com a natureza das forças envolvidas. Dadas as forças, pode-se buscar a maneira pela qual os corpos se movem sob a ação de forças; este é o assunto da mecânica apropriada.

Historicamente, a mecânica estava entre as primeiras das ciências exatas a serem desenvolvidas. Sua beleza interna como uma disciplina matemática e seu notável sucesso na contabilidade em detalhes quantitativos para os movimentos da Lua, da Terra e de outros corpos planetários tiveram enorme influência no pensamento filosófico e forneceram ímpeto para o desenvolvimento sistemático da ciência no século XX.

A mecânica pode ser dividida em três ramos: estática , que lida com forças agindo sobre e em um corpo em repouso; cinemática , que descreve os possíveis movimentos de um corpo ou sistema de corpos; e cinética , que tenta explicar ou prever o movimento que ocorrerá em uma determinada situação. Alternativamente, a mecânica pode ser dividida de acordo com o tipo de sistema estudado. O sistema mecânico mais simples é a partícula , definida como um corpo tão pequeno que sua forma e estrutura interna não têm importância no problema dado. Mais complicado é o movimento de um sistema de duas ou mais partículas que exercem forças umas sobre as outras e possivelmente sofrem forças exercidas por corpos fora do sistema.

Destacam-se como conceitos importantes e fundamentais para a compreensão da mecânica as leis de Newton.

– Eletricidade e energia

Os circuitos elétricos e todos os seus componentes são figurinha carimbada nas provas de física. É muito importante estar sempre afiado nos conceitos mais importantes dessa matéria e compreender bastante suas aplicações práticas. Essa é uma das matérias de física que mais possuem maneiras de se demonstrar as teorias na prática e, por isso, é uma das preferidas dos elaboradores do Enem.

Ainda na ideia de eletricidade, as compreensões relacionadas a energia também têm bastante espaço nesse tipo de prova. Além da já citada energia elétrica é importante conhecer as ideias relacionadas a energia mecânica, térmica e cinética.

– Ondulatória

Essa é a área da física destinada a estudar o comportamento das ondas. Onda é a propagação de perturbações de lugar para lugar de forma regular e organizada. Mais familiares são as ondas de superfície que viajam na água , mas som , luz e o movimento de partículas subatômicas exibe todas as propriedades ondulatórias. Nas ondas mais simples, a perturbação oscila periodicamente  com uma frequência fixa e um comprimento de onda . Ondas mecânicas, como o som, requerem um meio através do qual viajar, enquanto ondas eletromagnéticas não requerem um meio e podem ser propagadas através de um vácuo . A propagação de uma onda através de um meio depende das propriedades do meio.

As ondas se apresentam em dois tipos, longitudinal e transversal. As ondas transversais são como aquelas na água, com a superfície subindo e descendo, e ondas longitudinais são semelhantes às do som, consistindo em compressões e rarefações alternadas em um meio. O ponto alto de uma onda transversal é um chamado crista, e o ponto baixo é chamado de calha. Para ondas longitudinais, as compressões e as rarefações são análogas às cristas e vales das ondas transversais. A distância entre cristas ou vales sucessivos é chamada de comprimento de onda . A altura de uma onda é  a amplitude . Quantas cristas ou vales passam por um ponto específico durante uma unidade de tempo é chamado de frequência . A velocidade de uma onda pode ser expressa como o comprimento de onda multiplicado pela frequência.

As ondas podem viajar distâncias imensas, embora a oscilação em um ponto seja muito pequena. Por exemplo, um trovão pode ser ouvido a quilômetros de distância, mas o som transmitido se manifesta a qualquer momento apenas como pequenas compressões e rarefações do ar.

– Termodinâmica

Termodinâmica , ciência da relação entre calor , trabalho , temperatura e energia . Em termos gerais, a termodinâmica lida com a transferência de energia de um lugar para outro e de uma forma para outra. O conceito-chave é que o calor é uma forma de energia que corresponde a uma quantidade definida de trabalho mecânico.

As leis mais importantes da termodinâmica são:

A lei zero da termodinâmica: Quando dois sistemas estão em equilíbrio térmico com um terceiro sistema, os dois primeiros sistemas estão em equilíbrio térmico entre si.

A primeira lei da termodinâmica, ou a lei da conservação da energia: A mudança na energia interna de um sistema é igual à diferença entre o calor adicionado ao sistema a partir do entorno e o trabalho realizado pelo sistema em seu entorno.

A segunda lei da termodinâmica: O calor não flui espontaneamente de uma região mais fria para uma região mais quente, ou, equivalentemente, o calor a uma determinada temperatura não pode ser convertido inteiramente em trabalho.

A terceira lei da termodinâmica: A entropia de um cristal perfeito de um elemento em sua forma mais estável tende a zero à medida que a temperatura se aproxima do zero absoluto.

– Óptica

Essa é a área da física preocupada com a gênese e propagação de luz , as mudanças que ela sofre e produz, e outros fenômenos intimamente associados a ela. Existem dois ramos principais da óptica, físicos e geométricos. A ótica física lida principalmente com a natureza e propriedades da própria luz. A ótica geométrica tem a ver com os princípios que governam as propriedades de formação de imagens de lentes, espelhos e outros dispositivos que fazem uso da luz. Inclui também o processamento óptico de dados , que envolve a manipulação do conteúdo informacional de uma imagem formada por sistemas ópticos coerentes.

10 Razões para se fazer uma salinha de física

Agora que você já sabe as matérias de física mais recorrentes no Enem é chegada a hora de saber como fazer para estuda-las da melhor maneira. As salinhas de física se apresentam como uma alternativa interessante para se compreender e assimilar melhor os conceitos dessa matéria. Vamos às razões:

1 – As salinhas de física representam uma forma alternativa às convencionais para se compreender os conceitos. Elas são uma ferramenta a mais para ajudar no objetivo de compreender melhor as matérias mais importantes.

2 – Física pode ser um problema para quem não tem muita afinidade com matérias exatas. A abordagem do ensino de uma salinha de física pode ajudar a deixar o conteúdo mais palatável.

3 – As salinhas de física não contam com o rigor e padronização das escolas e por isso podem fazer do ensino da física uma tarefa menos árdua.

4 – Uma salinha de física promove uma atenção mais direcionada ao aluno, importante para lidar com dúvidas.

5 – A salinha de física representa mais uma oportunidade de entrar em contato com os conceitos da matéria e assim fixa-los.

6 – O hábito é muito importante para os estudos e uma salinha de física pode forçar o hábito de entrar em contato com a matéria de maneira mais frequente.

7 – A rotina de exercícios de uma salinha de física ajuda na compreensão das matérias mais importantes.

8 – Como um complemento do ensino da física, a salinha apresenta mais exercícios para compreensão e assimilação da matéria.

9 – O contato direto com o professor permitido pela salinha faz com que a relação entre mestre e aluno seja mais estreita e o conhecimento transmitido de maneira mais natural.

10 – As salinhas de física representam uma opção economicamente mais viável de se contar com um apoio nos estudos.